02/10/19 | 10:44
Campanha ‘Outubro Rosa’ conta com palestra e ação de saúde para segurados do Manausmed

Em alusão ao Outubro Rosa, mês de campanha de sensibilização quanto à prevenção do câncer de mama e de colo de útero, o Serviço de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Município de Manaus (Manausmed) promoveu, nesta terça-feira, 1º/10, a abertura da campanha com ações para os segurados em sua sede, na rua Belo Horizonte, 777 – Adrianópolis, na zona Centro-Sul.

A abertura contou com a parceria do Centro Médico e Diagnóstico por Imagem (Cemed), que realizou a palestra informativa “Se ame”, além de sessões de fisioterapia e acupuntura com ventosa e distribuição de material informativo para os segurados que compareçam ao atendimento.

 

É fundamental detectar sintomas e fazer exames preventivos para diagnosticar a doença e promover o tratamento precoce, aponta a técnica Alessandra Paiva, palestrante do dia. “Infelizmente há muitas mulheres que não buscam atendimento com receio de alguma situação e é importante ressaltarmos que busquem atendimento médico, que façam mamografia, exame padrão para o diagnóstico do câncer de mama”, disse.

Sintomas

Os sintomas do câncer de mama incluem nódulo na mama, secreção com sangue pelo mamilo e mudanças na forma ou textura do mamilo ou da mama. As pessoas podem ter nas mamas desconforto, mamilo dolorido, mamilo invertido, nódulos ou secreção mamilar sanguinolenta. Além disso, é comum fadiga, inchaço dos gânglios ou perda de peso.

De acordo com levantamento do Instituto Nacional do Câncer (Inca), órgão integrante do Ministério da Saúde, a cada ano, ao menos 440 novos casos de câncer de mama são registrados no Amazonas. Em todo o país, a estimativa é de 57.960 novos casos.

A professora da área ribeirinha Girlene dos Santos, 45, realiza exames preventivos periodicamente. “Já fiz ano passado e vou fazer este ano quando entrar de férias. Eu tenho toda essa dificuldade para vir para Manaus para fazer exames, mas quando entrar de férias vou fazer um check-up”, destacou.

Segundo o Inca, a incidência da doença aumenta em mulheres a partir dos 40 anos. Abaixo dessa faixa etária, a ocorrência da doença é menor, bem como sua mortalidade, tendo ocorrido menos de 10 óbitos a cada 100 mil mulheres. Já a partir dos 60 anos o risco é 10 vezes maior.

O Instituto aponta ainda que é possível reduzir em 28% o risco de uma mulher desenvolver câncer de mama a partir da adoção de alguns hábitos, como praticar atividade física regular, manter alimentação saudável e peso corporal adequado, bem como evitar o fumo, bebidas alcoólicas e uso de hormônios sintéticos em altas doses.

Nesta quarta-feira, 2/10, a partir das 18h, ocorre a abertura oficial do movimento Outubro Rosa da Prefeitura de Manaus, na sede da Subsecretaria Municipal de Políticas Afirmativas para as Mulheres, localizada na rua Araxá, conjunto Duque de Caxias, Flores, zona Centro-Sul.


Texto – Comuicação / Manausmed

Fotos – Comunicação  / Manausmed